Ah, menino...

| 04/01/2015
Ah, menino.. Se tu soubesses como tu faz falta.. Como dói olhar em volta e não te ver mais.
Como faz falta te observar dormindo e ser acordada com um abraço.
Ah, se tu soubesses como é estranho não te ter mais pra tudo - seja pra ir no mercado ou só pra conversar besteiras antes de dormir.
Se tu soubesses a falta que faz não ter ninguém pra cozinhar junto, pra conversar enquanto cozinha ou pra atrapalhar alguém cozinhando...
Ahhh, tu nem deve imaginar como faz falta não ter com quem comentar durante os filmes e seriados.. Faz falta até ter alguém me mandando ficar calada e esperar as coisas acontecerem...
Sinto falta dos teus olhinhos. Bem pequenos. Falta da tua manha, da tua mansidão, do teu cuidado sem jeito e do teu carinho desengonçado.
Sinto falta de ter tua companhia todo dia. Era como se a gente fosse obrigado a conviver um com o outro 24 horas por dia. Mas era isso mesmo, eu acho. E era estranho quando não te tinha do lado da cama antes de dormir, não ouvir teu "boa noite" e nem receber o beijo na testa.
É uma saudade boa de sentir, uma saudade que não traz dor nenhuma. Só traz um pouquinho de vontade de voltar no tempo e poder aproveitar mais uns 5 minutinhos do teu abraço.
Ah, menino.. Se tu soubesses...


18/11/2014
edit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar