:~

| 20/02/2012
um abraço doce, suave, leve e carinhoso.

:~
edit

O simples é lindo...

| 18/02/2012


"Tudo que parece meio bobo é sempre muito bonito,
porque não tem complicação. Coisa simples é lindo! E existe muito pouco."
C.F.

edit

:)

| 17/02/2012

Fazia muito tempo que eu não tinha vontade de sorrir para nada nem para ninguém, então era extraordinário que ele conseguisse perturbar assim os cantos de meus lábios…”

- Caio Fernando Abreu.

edit

te espero.

| 16/02/2012

Te espero porque sei que você vai chegar.
Te espero sabendo que você vai me amar,
E eu serei tudo aquilo que você sempre quis,
mesmo com meus milhões de defeitos;
minhas manias insuportáveis;
de falar sem parar,
de comer sem parar,
de reclamar sem parar;
de agir sem pensar; de pensar e não agir.
Mas eu sei que você vai me amar exatamente como eu sou;
sem tirar, nem acrescentar.
Eu acredito sim, eu sei que Deus tem tudo planejado!
Eu sei que Ele caprichou em você!
E que você vai ter tudo o que eu sempre quis,
e que eu vou te amar com todos os teus defeitos,
todas as tuas manias, sem tirar e nem acrescentar nada em você.
Eu sei que você vai chegar, não sei quando, nem onde, nem a hora!
Mas você vai chegar, eu sei que vai.
E olha, eu estou esperando por você.

Eu Escolhi Esperar.
Eu escolhi te esperar.


"Que medo alegre, o de te esperar"


*O texto NÃO é do blog Eu Escolhi Esperar.
edit

amor. amor. amor.

| 15/02/2012

“Amor. Bolinhas de sabão. O som de copos com água. O som das gotas no chão. Um sorriso tímido. A música por trás dos ruídos. Um coração encostado no outro. Um ou dois para sempres. Um avião nas mãos de um menino. Um barquinho de papel. Uma pipa atravessando as nuvens. Uma sementeira de tulipas. Um mingauzinho de aveia. Um par de meias listradas. Dois ou três cata-ventos. Uma palavra inventada.”

- Rita Apoena.


Ah, eu quero tanto amar de novo. Ficar o dia todo pensando em uma mesma pessoa, desejando estar com ela o tempo todo. Quero me sentir viva novamente, fazer alguém feliz e ser feliz junto de alguém.

Ah, amor! Me encontre de novo, que eu tô doida pra te encontrar!


;)

edit

motivo

| 11/02/2012
No dia 26 de Julho de 2010 eu criei esse blog.
Eu tenho problemas em me expressar. Não gosto muito de desabafar, mas às vezes gosto de falar sobre o que sinto, mas tenho muita dificuldade... e quando quero de verdade, nem sempre consigo. Eu sei, é horrível. E eu encontrei no blog uma saída pra isso. Porque aqui eu conseguia escrever tudo o que eu estava sentindo, pensando, imaginando. Não escrevo bem e nem sou poeta, não gosto de escrever sobre coisas aleatórias. Mas gosto de escrever sobre mim, sobre o que eu sinto, sobre o que acontece comigo. Eu aprendi que dessa forma eu posso me conhecer muito melhor.
Enfim, o motivo de criar esse blog foi pra desabafar. Escrever sobre coisas que eu já estava cansada de pensar sozinha, de sonhar sozinha, de imaginar sozinha. Escrever pra desabafar, pra ver se passava, se acalmava. Às vezes não resolvia, mas pelo menos aliviava. Parecia que tirava um peso das costas. Vira e mexe eu leio as postagens antigas, e o bom é saber que elas não mexem mais comigo. Há alguns meses atrás eu lia e me sentia totalmente dentro de cada post, como se eu tivesse andando em círculos, como se a mesma coisa acontecesse o tempo todo e eu não tivesse saindo do lugar. Hoje eu leio e, claro, me sinto dentro de cada post porque eu vivi aquilo, mas eu sinto como se eu tivesse dado um passo à frente, ou melhor, vários passos à frente! E é um alívio perceber isso, é bom saber que eu aprendi a andar e decidi caminhar pra frente, porque eu estava para ou quase andando pra trás.

E o motivo desse blog continuar existindo mudou! Mudou porque eu mudei, cresci, envelheci e amadureci. Mudou porque eu quis, simplesmente!

(:
edit
Postagens mais recentes Postagens mais antigas

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar