Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

a gente nunca sabe...

"Onde já se viu o mar apaixonado por uma menina? - Quem já conseguiu dominar o amor? Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa? - Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar..."
Ana e o Mar - O Teatro Mágico

A gente nunca sabe quando, como e de quem a gente vai gostar ou deixar de gostar. Seria fácil demais dizer pro nosso coraçãozinho lindo: "Olhe, fulaninho é um bom partido, goste dele!" ou então "Beltraninho gosta de você, ele nunca te faria sofrer" ou ainda "Pare de gostar dele porque ele não vale a pena" e várias outras opções.. É complicado quando alguém não sai da sua cabeça, por mais que já tenha passado da hora de sair, por mais que você só se lembre esporadicamente [mas lembra], por mais, por mais... ai ai ai! Você acaba se ferindo e ferindo outras pessoas nas suas tentativas de se encontrar! Como disse Amarante "Se eu peco é na vontade de ter um amor de verdade..." A gente se empolga, quer viver aquilo, acha que pode dar …

Tudo de uma vez.

Imagem
Eu quero aquela paz de fim de tarde, ouvindo o barulho da chuva e sentindo o perfume das flores.
Eu quero o desejo do abraço, o doce do beijo, a ternura de um chamego.
Eu quero as mãos entrelaçadas, os braços enrolados, os corpos frente a frente.
Eu quero o aperto dos abraços, o cheiro no cangote, o carinho envolvente.
Eu quero a doçura da voz, o barulho do silêncio, o sussurro no ouvido.
Eu quero o brilho dos olhos, o som da gargalhada, a paz do sorriso.
Eu quero a sinceridade, a humildade, o amor, a cumplicidade.
Eu quero a palhaçada, as brincadeiras, os arrepios, as (in)certezas.
Eu quero o encanto que encanta, o afeto que afeta, o abraço que aperta.Eu quero a voz, o som, o silêncio, o barulho, a paz, a doçura, o cheiro, o corpo, as mãos, os braços, os abraços, os ouvidos, os sorrisos, os afetos e os encantos. Quero tudo, tudo de uma vez.