Lembre da nossa música...

| 29/01/2011

Nosso sonho se perdeu no fio da vida
E eu vou embora sem mais feridas
Sem despedidas... Eu quero ver o mar.

Se voltar desejos ou se eles foram mesmo
Lembre da nossa música!
Se lembrar dos tempos, dos nossos momentos
Lembre da nossa música!

Nossas juras de amor já desbotadas
Nossos beijos de outrora foram guardados
Nosso mais belo plano desperdiçado
Nossa graça e vontade derretem na chuva...

Se voltar desejos ou se eles foram mesmo
Lembre da nossa música!
Se lembrar dos tempos, dos nossos momentos
Lembre da nossa música!

Um costume de nós fica agarrado
As lembranças, os cheiros, dilacerados.
Nossa bela história tá no passado.
O amor que me tinhas era pouco e se acabou!

Se voltar desejos ou se eles foram mesmo
Lembre da nossa música!
Se lembrar dos tempos, dos nossos momentos
Lembre da nossa música!




Só porque essa música se encaixa perfeitamente. E eu preciso me adaptar!

edit
| 29/01/2011


A nossa vida é cheia de cai, levanta, levanta e cai, não é mesmo?
E são tantas marcas que a vida deixa na vida da gente, que se você parar pra analisar, olhar pra trás e observar cada uma vai ver que todas elas fazem parte do que você é hoje.
Vai ver que sem elas, você seria uma outra pessoa, sua vida seria uma outra vida.
Ah, pode ser que sua vida fosse melhor sem as marcas. A minha, eu creio, não seria! Todas as marcas que a vida me fez, cada cicatriz, cada tristeza, cada mágoa, cada derrota, cada lista de vestibular sem meu nome, fez de mim o que sou hoje.
E olha, sou feliz desse jeito.
Quando você aprende a aprender com suas cicatrizes, aí sim você passa a apreciá-las.
Cada cicatriz tem seu valor. Eu lembro das minhas derrotas e dá vontade de vencer. Eu lembro das tristezas e dá vontade de ser cada vez mais feliz.
Não despreze as suas cicatrizes. Elas fizeram de você o que você é hoje.



"e são tantas marcas que já fazem parte do que sou agora, e ainda sei me virar"



"A vida é engraçada e estranha... Quando achamos que aprendemos um novo caminho, de repente um buraco se abre e nos puxa para baixo. As vezes saimos somente com arranhões superficiais, outras vezes saimos com feridas que causam muito mais dor do que se imagina e dependendo da ferida, temos que arrancar o curativo para deixá-la respirar.
E quando a cicatrização depende da sua exposição, não é algo simples de vivenciar, temos que começar a caminhada novamente, correndo o riso de novas marcas deixadas ao longo do percurso... Será que tudo isso vale a pena?
Espero encontrar a resposta ao longo dos meus dias."
Mayara Demétrio
edit

Um amor aos 13 anos.

| 26/01/2011


Quando você tem 13 anos tudo é lindo, tudo é paixão, tudo é amor.
Você viu aquele menino lindo, te encantou. Aí você diz: aah, eu estou apaixonada.
E escreve no caderno o nome de vocês dois, muitos corações em volta dos nomes.
Escreve coisas como: "Eu te amo" ou "Você é o homem da minha vida" ou ainda "Minha vida não tem sentido sem você".
E não sabe nem o que quer dizer cada palavra, a não ser 'você', 'homem' e 'vida'. Todas separadamente, vale ressaltar.
Mas tudo faz tanto sentido. Tudo se encaixa. A gente acha que tudo está como deveria ser e morre quando tudo dá errado. Quando tudo, na verdade, era só coisa da nossa cabeça. Que o carinha lindo não tá nem aí pra você e que você não o 'amava' tanto assim...
E com o tempo você se acostuma. E conhece outras pessoas, e quer conhecer mais gente.
E conhece alguém, que não é extremamente lindo, mas que mexeu com você, de uma forma inexplicável. Mas ele não se encaixa nos padrões de beleza, ele não se encaixa na sua roda de amigos. E agora?
Vocês estão apaixonados.. Aquela coisa boa de sentir, de querer estar perto.. Mas, você só tem 13 anos. Mal sabe o que é paixão, o que é amor..
Aah.. mas ela queria descobrir isso ao lado dele. Lá no fundo, ela o queria pra sempre.
Mas negava. Só ele sabia. Só de olhar nos seus olhos, ele sabia exatamente tudo o que ela sentia.
Ela tinha medo, vergonha, sei lá o que! Mas ela não queria admitir.. E ele sofria com isso.
E o que nem teve um começo, teve seu fim.
Ela sofreu, mas ele sofreu mais. E o tempo passa, não é mesmo? E consegue curar algumas feridas e tapar alguns buracos.. Mas o amor, o tempo não apaga! Ah, o amor!
Mas, o destino, o acaso, a predestinação... seja lá o que for! Fez o favor de os juntarem outra vez.
Será que é o certo? Será que aquele amor nunca morreu?
E, então, ela estava disposta a vencer todos os seus medos e seguir em frente.
Segurar a sua mão e esquecer todos os obstáculos.
Mas a vida é sempre uma caixinha de surpresas (Josef Klimber, haha). E ela, mais uma vez, os pregou uma peça!
E agora o que sobrou? (um filme no close pro fim, haha). Na verdade, sobraram duas cabeças cheias de confusões, mágoas, tristezas e dúvidas. E tudo o que ele sofrera no passado, veio à tona. Porém, o amor do passado ainda permanecia... e parecia ser mais forte do que antes. Porém, eles se perderam pelo caminho. Desejavam as mesmas coisas, mas os caminhos não eram mais os mesmos. Eles precisavam se encontrar. Era o seu maior desejo...

Entretanto, os seus caminhos se cruzaram, num momento ao acaso, num ônubis qualquer...
E o seus desejos? Ah, que isso dure e dure. Até que não exista mais o medo, a dúvida, o receio.
Até que não seja preciso contar o tempo, até que não seja preciso explicar. até que eles se encontrem e jamais se percam!



"Eu sei, me perdi. Mas, ei, só me acho em ti"
edit

What your dream?

| 26/01/2011




"Vou achar um potinho, escrever todos os meus sonhos,
meus desejos e planos e jogar dentro dele.
Vou pegar um de cada vez e de um em um tentar realizá-los."


edit

Diga bem baixinho...

| 23/01/2011
Me deixe saber o que você sente
Me deixe saber o que você quer.
Diga baixinho no meu ouvido o tamanho da saudade que aperta seu peito.
Sussurre bem devagar aquilo que te agrada em mim.
Confesse, deitado em meu colo, aquilo que te faz sorrir.
Boceje enquanto me conta uma história pra dormir.
Deite ao meu lado. Me abrace. Durma.
Sonhe comigo. Acorde.
Me acorde com um beijo na bochecha e me encha de alegrias!
Me explique aquelas coisas que eu nem imagino.
Peça pra eu te explicar como sorrir só de ver o teu sorriso.
Não saberei explicar, mas sorrirei ainda mais. E você vai entender.
Diga que eu sou linda, mesmo com o cabelo bagunçado, a cara amassada e o nariz vermelho da gripe.
Me beije apaixonadamente toda vez que me abraçar. E me abrace toda vez que eu te olhar!
Diga que sou aquilo que você sempre quis. Que você morreria por mim.
Que você quer se casar comigo. Ter um filho comigo.
Diga tudo isso. Ou não diga nada.
Ou apenas me ame.
Me ame com todo o seu coração.

E que eu seja a única que faz seu coração acelerar e o seu corpo estremecer.



"And If you love me won't you let me know?"
edit

Love is waiting...

| 15/01/2011
"Let's give it time, give it space
And be still for a spell
When it's time to walk that way
We wanna walk it wel
I'll be waiting for you baby
I'll be holding back the darkest night
Love is waiting
'Til we're ready
'Til it's right
Love is waiting"


Esperando.. o amor está esperando.
Até que um dia ele encontre o seu lugar.
esperando... esperando...

edit

Termina, mas começa de novo!

| 01/01/2011

Bom, último dia do ano! Eu tinha que escrever alguma coisa sobre meu ano de 2010!

2010 foi cheio de surpresas. Boas e ruins, mas surpresas.
Foi um ano de escolhas difíceis, decisões dolorosas, entrega, desapego, dor, alegrias, risos, lágrimas, mudança, adaptação...

Primeiro veio a dúvida, depois veio a dor, depois o desapego. Veio a decisão, a mudança, a correria, o sufoco. E enfim, o aprendizado.
Por mais dores que eu tenha sentido, por mais que tenha derramado litros de lágrimas, tudo, exatamente tudo, valeu a pena. Claro que mudaria algumas coisas desse meu ano, se tivesse esse poder, mas, nem tudo é como a gente quer. E pensar em como será o próximo ano, me dá dor de cabeça. Tentar imaginar o que vai acontecer, quais os passos que eu vou seguir, qual vai ser o melhor caminho.. me deixa tonta! Mas, o ano perfeito está gravado em minha cabeça. E espero que 2011 consiga ter, pelo menos, 10% do que eu desejo!

E que seja assim, que você saiba lutar por aquilo que você deseja, que você não espere o ano perfeito cair do céu. Que você faça os seus dias valerem a pena. Porque se você não fizer, quem vai fazer tudo valer a pena por você?! =P
Tudo o que a gente faz influencia nos nossos dias. Então, viva de coisa boa! Faça coisas boas!

E um 2011 iluminado pra todos!

edit
Postagens mais recentes Postagens mais antigas

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar