Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Sobre laços e suas surpresas...

Eu sempre gostei de laços. Criar laços com as pessoas me faz sentir que nunca estarei sozinha. E aqui na Austrália não teria porquê ser diferente, já que criar laços é uma coisa natural pra mim. 
Aqui eu estou bem leve, levando tudo devagar. A vida aqui é totalmente diferente. Tudo aqui é diferente e os até os laços que você cria com as pessoas são diferentes. Não só pelo motivo óbvio de que cada laço é diferente com cada pessoa. Eu tô falando do sentido dos laços que você cria, entende? Aqui ou você cria um laço ou você estará sozinho... Falando assim parece bem desesperado e que o laço só servirá pra você ter companhias... Mas é totalmente o contrário! Tudo o que você tem são essas pessoas e esses laços se tornam cada vez mais necessários, essas pessoas se tornam cada vez mais importantes pra você. Eles são mais fortes, às vezes parecem até inquebráveis. Estou aqui há pouco mais de um mês e é incrível perceber o quanto eles são importantes pra mim e parece que não vivo mais longe dos…
"Na cama, à noite, enquanto eu penso em meus muitos pecados e meus defeitos exagerados, fico tão confusa pela quantidade de coisas que tenho que analisar que não sei se rio ou se choro, dependendo do meu humor. Depois durmo com a sensação estranha de que quero ser diferente do que sou ou de que sou diferente do que quero ser ou talvez de me comportar diferente do que sou ou do que quero ser. Minha nossa, agora estou confundindo você também."

O diário de Anne Frank
"Conte-me e eu esqueço
Ensine-me e eu recordo
Envolva-me e eu aprendo"
Nós só aprendemos com a experiência.