Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Estar só não é estar menor, é estar completo

Imagem
Estive pensando sobre isso ha algum tempo e, de repente, começou a aparecer vários textos falando sobre isso na minha Timeline. Achei estranho demais, primeiro apareceu um do blog Entenda os homens, eu li e fiquei: “pooooorra, tudo aquilo que eu tava pensando em escrever no meu blog! Massa!” dias depois, outro na página da Conti outra e mais outro e depois mais outro. Eita! Aí eu decidi logo escrever porque eu queria registrar mais esse momento da minha vida no meu bloguinho, só pra eu ler daqui ha alguns anos e poder ver o quanto que eu amadureci! Ou não! :P




          Houve um tempo em minha vida em que eu tinha muito medo da solidão. Não conseguia ficar sozinha e essa ideia da solidão me assustava por demais. Eu queria sempre ter alguém pra poder suspirar. Se não fosse um corpo quente pra abraçar, que fosse pelo menos alguém pra pensar, alguém que eu soubesse que nutria algum interesse além da amizade, pra poder alimentar meu ego e dizer pra mim mesma que eu não estava totalmente so…

00:25

São meia noite e vinte e cinco. A cabeça dói, os olhos quase não conseguem ficar abertos. Deitei às onze por não querer permanecer de olhos abertos na claridade por mais tempo. Não adiantou. Deitei pra dormir, mas parece que o sono fugiu de mim como o diabo foge da cruz e se escondeu em algum buraco profundo que eu nao consigo achar de jeito nenhum. 
Não conseguia dormir, mexer no celular foi a primeira opção pra tentar chamar o sono. A cabeça dói demais e mexer no celular não estava ajudando. Lutei contra minha falta de sono, fechei meus olhinhos e comecei a chamar o sono na esperança de que ele aparecesse milagrosamente. Não funcionou. E, mesmo contra a minha vontade, eu comecei a pensar em você. Comecei a me lembrar de como os nossos corpos se encaixavam bem, de como sua mão nos meus cabelos me fazia relaxar e de como o teu beijo ainda tinha o mesmo gosto. Comecei a pensar na complicação que é falar de nós dois: não há o que falar. Simplesmente não existe nós, além do que minha imag…

"a dor precisa ser sentida"

Imagem
Há dois dias eu assisti 'A culpa é das estrelas' ~ me julguem ~ e eu chorei da metade do filme até o final sem parar ~ me julguem novamente. E de todas as frasezinhas que ficam na cabeça, além de "alguns infinitos são maiores que outros", a frase que mais ficou marcada pra mim foi "A dor precisa ser sentida". A Hazel repete essa frase zilhões de vezes, mas ela tava falando daquela dor de perder alguém com câncer, tá, eu sei. Mas isso pode ser atribuído também a tudo nessa vida. Eu já escrevi algo sobre isso, sobre como todas as nossas cicatrizes que a vida fez, fizeram com que a gente se tornasse o que a gente é hoje.

E eu acredito que é necessário que você sinta toda aquela dor que é emocional - que mais se parece com dor física - que dói tanto por dentro que você sente como se alguma coisa tivesse apertando o seu coraçãozinho até ele se desfazer. Aquela dor que faz com que você deseje arrancar o seu coração pra tentar não sentir mais nada.

Mas no final d…
Desmontando
o brinquedo
eu descobri
que o frevo
tem muito a ver
com certo
jeito mestiço de ser
um jeito misto
de querer
isto e aquilo
sem nunca estar tranquilo
com aquilo
nem com isto

de ser meio
e meio ser
sem deixar
de ser inteiro
e nem por isso
desistir
de ser completo
mistério

eu quero
ser o janeiro
a chegar
em fevereiro
fazendo o frevo
que eu quero
chegar na frente
em primeiro

Desmontando o Frevo - Leminski