Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Sobre ter 24.

Ontem meu irmão me lembrou que eu já tenho 24 anos. E um filme passou pela minha cabeça.
E parei pra me perguntar se eu JÁ tenho 24 ou se eu AINDA tenho 24.

Ao mesmo tempo que bateu uma bad por pensar que eu JÁ tenho 24, que o tempo tá passando rápido demais e que eu ainda quero fazer tanta coisa... Que ainda preciso de dois anos e meio pra terminar a faculdade, mais um tempo pra ganhar dinheiro, mais um tempo pra mudar de bairro, de cidade de país.. Bateu aquele medo de não ter tempo pra tudo isso, de estar cansada demais, de ter uma sociedade te julgando por você ser "velha demais", por não estar casada, por não ter dois filhos, por não ter uma casa própria... Bom, os tempos mudaram. Eu não quero seguir padrões, eu não quero achar que eu preciso estar casada aos 27 só porque a sociedade disse que isso é o "mais normal". Tem tanto lugar que precisa ser conhecido, tanta gente querendo ser vista, querendo ser tocada, querendo contar suas histórias, querendo ouvir as…
Imagem
"Eu quis te convencer,
mas chega de insistir.
Caberá ao nosso amor o que há de vir"








˜ Eu ando em frente por sentir vontade. Caminho em frente pra sentir saudade.
As vezes eu me pego pensando em você. Olhando esses teus olhos pequeninos e pensando em como as coisas são loucas. Em como eu queria você pertinho de mim, pra eu dormir no teu ombro, e ao mesmo tempo pensando que eu não quero ver tua cara na minha frente. Pra falar a verdade, nem consigo lembrar do cheiro do seu perfume, mas eu consigo lembrar do teu abraço e como era gostoso encaixar minha cabeça no teu pescoço e sentir teu cheiro. Lembro de tu acordando e me abraçando forte. Lembro do beijo do ombro e logo em seguida o beijo no pescoço e tu voltando a dormir. Parecia que era pra lembrar que tu tava alí, como se fosse possível esquecer.. 
E eu fico pensando porque diabos as coisas não poderiam ser mais simples.. E eu fico me fazendo todas as perguntas que deveriam ser direcionadas a você, mas que eu nunca te perguntaria. 
Às vezes sou eu tentando não pensar em nada disso; evitando lembrar do teu carinho, do teu abraço e dos teus olhinhos de manhã. Me distraindo com outros pensamento…