| 01/02/2017
Somos nós.
Nós de nós dois,
nós de entrelaços.
O mundo não compreenderia o que temos
porque não há nome pra isso.
Quem poderia dizer que há liberdade no amor?
Estamos juntos sem estar, 
uma espécie de grudados sem grudar.
O meu coração já reconheceu que nessa vida só há outro batimento que entre em sintonia com o meu compasso...
e o seu ritmo faz nosso laço.
Deixo nessa foto o registro de que caso com você amanhã
até porque jamais encontraria plenitude em outros 
olhos, 
boca
e braços.







edit
Postagens mais recentes Postagens mais antigas

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar