| 06/03/2017
Todo dia eu acordo e, como uma oração diária, eu digo que vai passar.
No decorrer do dia, quando eu olho pra qualquer coisa que me lembre você, eu digo novamente: vai passar.
Quando eu desocupo a mente e ela começa a viajar em tudo que passamos e no que não vamos mais viver, eu repito pra mim mesma: tudo vai passar.
E quando eu me deito, em mais uma oração diária, eu digo que se tudo sempre passou, nada disso será eterno.
E eu durmo. E vira e mexe eu sonho com você e acordo pensando que isso nunca vai passar.
Eu já tive essa sensação antes, sabe, e no final das contas sempre passou. Doeu, machucou, parecia que não ia passar nunca, mas passou! É sempre assim...
E aí, no outro dia, eu acordo novamente e repito: vai passar.

Mas parece que você tá mais grudado em mim do que qualquer outra pessoa já esteve.
Parece tatuagem, só sai com laser dos bons. E em várias sessões.
Ou seja: mesmo que eu conseguisse te tirar de mim de uma forma "fácil", você não iria sair de mim tão fácil assim!
É que você vai e vem, sabe? Uma hora a gente se afasta, outra a gente se aproxima, depois se afasta de novo e meu coração não aguenta tanta oscilação.
Ele só quer paz, tranquilidade e amor.
Ele tava tão cansado de uma bagunça enorme que alguém deixou há um tempo atrás, porque eu demorei tanto tempo pra arrumar... E eu prometi que jamais deixaria alguém bagunçar isso tudo de novo... E olha lá eu quebrando mais uma promessa mais uma vez.
E eu tô cansada, sabe? De ter que arrumar sempre a bagunça que alguém deixou em mim.

E meu coração tá cansado da bagunça que tu deixou aqui dentro e toda vez que eu tento arrumar, tu chega e joga tuas coisas em todo canto novamente. E aí vira esse amontoado de tu, igual tá agora.

Mas o tempo é rei.
Não tá fácil. Mas vai passar. Sempre passa.

Ninguém sabe quando. Mas passa.










edit
Postagens mais recentes Postagens mais antigas

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar