Os velhos medos...

| 04/03/2011
Eu sempre fui uma pessoa muito medrosa. Quando eu digo muito, é muito mesmo. Quando criança eu nem levantava de noite sozinha pra ir ao banheiro. Bom, cresci e isso não mudou muito. Eu andava na rua e olhava pra trás umas quatro ou cinco vezes seguidas... Mas eu odeio sentir medo. Me sinto mal demais, me sinto fraca, o coração bate tão forte que eu perco todas as minhas forças, meu corpo só tem força pra fazer meu coração acelerar.
Depois que fui morar fora de casa, o medo passou um pouco. Virei quase adulta! =P
Voltava do trabalho a noite sozinha, dormia sozinha em casa e nada de sentir medo. Achava isso ótimo. Todo mundo perguntava: "Como é que tu tem coragem?" e eu: "aah, você acaba se acostumando". De fato, você acaba se acostumando! E eu me acostumei, até que minha casa foi arrombada! Tudo bem que eu não estava dentro da casa, mas o susto foi grande! E o medo grudou e não quer sair de mim! Dá medo só de pensar no que aconteceu!

Me sinto uma criança com medo do Bicho Papão!
Ando na rua achando todo mundo suspeito, imaginando quem foi que me deixou traumatizada assim...
Odeio o medo. Odeio sentir medo. Odeio me sentir fraca. Odeio.
Só espero me recuperar logo.. Adoro me sentir corajosa!
Acho que vou procurar um psicólogo =P
edit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar