fica, vai.

Eu confesso que queria te pedir pra ficar agora mesmo.
Pedir pra você largar de ser tão independente assim, de gostar tanto dessa tua liberdade falsificada e ficar. 
Não ficar por um final de semana, um dia ou duas horas. Ficar de verdade. Deixar a gente se conhecer, pra eu saber sua cor favorita, sua comida favorita, seu time favorito...
Fica e deixa que todos aqueles planos que foram feitos naquela tarde se cumpram em uma vida...
Fica e deixa gente se cuidar e deixa eu abrir essa porta do teu coração aí que tá fechada há anos.
Vem e me deixa cuidar dessa ferida aí que não cicatrizou.

Confesso que queria implorar pra que tu sentasse no sofá comigo e assistisse todos os filmes do X-man novamente.
Queria te convencer, entre beijos e sorrisos, que é aqui que tu deve ficar. Que tu nunca deveria fugir.


Mas no final das contas, tu sempre foge. Tu vai pra longe, mesmo que tu saiba que valeria a pena ter ficado. Tu sabe, eu sei que sabe. Mas não fica porque falta coragem.



Fica só um pouco mais, vai..

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não se fazem mais amigos como antigamente!

Se não te faz sentir, não faz sentido.

Enche o copinho pra mim?