c a t i v a r ~

| 15/06/2016
Dia desses, enquanto perdia meu tempo olhando o facebook e tentando esquecer tua lembrança pela décima vez, alguém postou um trecho de 'O pequeno Príncipe'. Um dos meus favoritos, mas que há algum tempo não pensava sobre ele.
E foi lendo “O que quer dizer ‘cativar’?” que eu me lembrei de você. Afinal, como não lembrar?
É nessas horas que a gente se pergunta, porque com tanta gente por aí, existe somente uma que faz nosso coração acelerar, nossa perna tremer, o corpo arrepiar e o sorriso enlarguecer num só segundo. Alguém que te traz agonia e calmaria, no mesmo momento. É o tal do cativar, porque, como disse a Raposa ao little prince:


“Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim o único no mundo. E eu serei para ti única no mundo...”

Único no mundo. É isso. Exatamente isso que tu é pra mim. Único no mundo, o único em que eu consigo achar tudo e achar graça de tudo. É contigo que eu dou os meus melhores sorrisos, que a barriga dói de tanto falar besteira. É contigo a DR mais engraçada, que sai do quase choro ao riso de não conseguir mais parar. É contigo que eu posso contar em qualquer momento da minha vida. É contigo que eu passo os meus melhores momentos nos piores cenários. É em ti que eu consigo encontrar um amigo, companheiro, conselheiro, confidente, cúmplice, amor e amante. Tu és pra mim único no mundo porque tu me cativou, e se cativar é criar laços, nós criamos um dos mais bonitos, criamos laços que enfeitarão nossas vidas até quando a gente quiser.

É isso, tu me cativou.



"- O que quer dizer "cativar"?
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Significa "criar laços”.
- Criar laços?
Exatamente, disse a raposa. Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. 
E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. 
Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. 
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. 
Serás para mim o único no mundo. 
E eu serei para ti única no mundo..."

- O Pequeno Príncipe
edit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar