:)

| 28/07/2011

"Quando eu olhei pra cima e não te vi, não sabia o que fazer.
Fui contar pra aquele estranho que eu gostava de você.
Ai, ai, será que foi assim?
Que foi o tempo que tirou você de mim?
E ele num momento hesitou, mas depois não resistiu!
Me contou que mil balões voando, foi o que ele viu.
Pensei: não é possível que eu não tenha reparado.
Eu devo estar completamente avoada.
Dei quase 5 passos e parei, não podia andar pra trás.
Mas confesso, não cabia enxergar tantos sinais.
Alô, eu sei, se chega até aqui, tão no limite não dá mais pra desistir.
Amor, porque eu te chamo assim, se com certeza você nem lembra de mim?"

Quinto andar - Tiê

edit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga

Um blog que mistura verdades, pesares e poesia ~

© Design 1/2 a px. · 2015 · Pattern Template by Simzu · © Content ~ Apesar do Pesar